quinta-feira, 16 de setembro de 2010

A vida


A vida é cruel,
A vida é sofrida.
A vida é pior,
Quando não é vivida.

Com golpes fatais,
Matam pobres mortais.
Às vezes deixam feridas,
Que nunca são esquecidas.

Na guerra da vida,
É vencer ou vencer.
Cicatrizando as feridas,
Aprendendo a viver.

O destino é certo,
O destino é um só.
No fim da vida,
Seremos todos, pó.
Jonatas Mendes

Imagens extraidas: aquitemjovem.blogspot.com

9 comentários:

  1. Ficou dez esse poema Jonatas, Até agora para mim esse é o melhor que você já fez...

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Flavio...
    Me sinto honrado em saber, que você gostou de minha poesia...
    Grato

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Obrigado Deny...
    Me sinto honrado, por ter você como leitora em meu blog...

    ResponderExcluir
  5. Olá Jonatas !!!

    Belíssima a sua poesia, é o segundo texto seu que leio e gostei muito do seu estilo, sempre carregado de intensidade e verdadeiro !
    Parabéns !!

    Grande abraço !

    ResponderExcluir
  6. Obrigado Samanta...
    Agradeço sua presença em meu blog..

    ResponderExcluir
  7. olá Jonata
    mando bem com as palavras guri
    intenso o poema
    ha vida isso ai mesmo
    e com seus altos e baixos
    vale sempre a pena ser vivida

    bjo grande

    ResponderExcluir
  8. Olá Jucifer!
    Estou muito feliz que tenha agradado seu gosto literário,
    Grato!

    ResponderExcluir

Criticas... Nos ajuda a melhorar...